Qual a vocação de um espaço no coração de um continente?

Olhamos em volta e vemos, de um lado, a dança pulsante no Brasil. Do outro, uma curiosidade pelo que pode estar além das fronteiras, tão próximas.

Encontro.​

Queremos abrir o cerrado para concentrar corpos, pensamentos, trocas, olhares, experiências. Feito o que faz o coração: concentra pra dar impulso e espalhar.

Aqui, estamos em movimento.

 

 

De 25 a 28 de outubro, Campo Grande-MS será palco da segunda edição da Mostra Cerrado Abierto, produzida pela Arado Cultural e contemplada pelo Fundo Municipal de Investimentos Culturais (FMIC 2017). 

Agora o Cerrado Abierto amplia os trabalhos, contemplando os estados do bioma cerrado brasileiro e os países sul americanos, Argentina e Chile.  

 

Com programação gratuita com oficinas, espetáculos de danças, mostra de videodanças e roda de conversa, a Mostra busca incentivar o intercâmbio sobre o que é produzido em dança contemporânea; estimular a troca de conhecimentos e a produção artística; além de promover a formação dos profissionais.

peito-02.png